“A Marca Jacobs” ou quando um autor vive a sua própria aventura

Artigo de Nuno Galopin, na revista do Expresso (25/2/2017)

Nota: o álbum “A Marca Jacobs”, recentemente posto à venda e que recomen- damos sem reservas a todos os nossos leitores, é distribuído pelo grupo Europress. Seguidamente, reproduzimos duas páginas desta obra, extraídas, com a devida vénia, do blogue Kuentro-2. Além de Edgar Pierre Jacobs, é visível numa delas, pelo traço de Alloing, a figura de Georges Rémi, que se celebrizou como criador de Tintin, com o pseudónimo de Hergé. Jacobs foi seu assíduo (e precioso) colaborador, nos primeiros tempos dos Estúdios Hergé.

Advertisements

O regresso de Blake e Mortimer

jn-black-e-mortimer208-copy

Artigos de João Céu e Silva e Pedro Cleto, reproduzidos, com a devida vénia, do Diário de Notícias (11/12/2016) e do Jornal de Notícias (14/12/2016), sobre o lançamento de um novo álbum da mítica série criada em 1946 por Edgar P. Jacobs, no Tintin belga, álbum esse com o título “O Testamento de William S.” — texto de Yves Sente e desenhos de André Juillard –,  já disponível também, em versão portuguesa, pelas Edições Asa.

Blake e Mortimer investigam o enigma de William Shakespeare, numa intrigante aventura policial em que o seu velho inimigo, o coronel Olrik, continua a seguir-lhes os passos… 

WordPress.com Apps

Apps for any screen

Le chat dans tous ses états - Gatos... gatinhos e gatarrões! de Catherine Labey

Pour les fans de chats e de tous les animaux en général - Para os amantes de gatos e de todos os animais em geral

largodoscorreios

Largo dos Correios, Portalegre

almanaque silva

histórias da ilustração portuguesa