“José Coelho – O músico autodidata”: um novo trabalho de Carlos Rico

Como reza o convite que reproduzimos com todo o gosto (embora não possamos estar presentes, por motivo de força maior), no próximo sábado, dia 1 de Abril, às 15h30, na Feira do Livro de Moura, será feito o lançamento do novo álbum de banda desenhada de Carlos Rico, com a biografia de um mourense de eleição: José Coelho, músico e compositor cuja obra mais conhecida é o Hino a N.ª S.ª do Carmo, tocado em todos os pontos do país (e não só).

A edição é da Câmara Municipal de Moura. A seguir ao lançamento, haverá um concerto com a Banda da Sociedade Filarmónica União Mourense “Os Amarelos”. E, à noite, outro concerto com os “Virgem Suta”. Um programa aliciante, que merece a vossa presença. Muitos parabéns, amigo Carlos Rico! E parabéns também à autarquia de Moura (e ao seu Presidente), por não desistir da BD!

Advertisements

1 Comment (+add yours?)

  1. Carlos Rico
    Mar 31, 2017 @ 09:10:37

    Amigos Jorge e Catherine.
    Obrigado pela divulgação.
    Para a semana envio-vos um exemplar deste meu modesto trabalho que tanto gozo me deu a realizar.
    Aprende-se muito quando se tenta contar (ainda que de forma muito reduzida, como é o caso) a vida de alguém – especialmente quando esse alguém viveu numa outra época que não a nossa.
    Ao olharmos para as fotos de há 60, 70 ou 80 anos, ao conversarmos com pessoas contemporâneas de José Coelho (1920-1979) e observarmos a forma apaixonada como nos falam dele e desses tempos, ao tocarmos objectos que José Coelho tocou, apetece-nos – ainda que por um dia – tele-transportarmo-nos para essa época, onde não havia televisão (ou havia poucas), nem computador, havia muito menos carros, as pessoas davam-se mais umas com as outras, conviviam mais, faziam serões com longas conversas… Enfim, vivia-se o dia a dia de uma outra forma, dando-se mais importância às coisas simples da vida.
    Aprendi, por exemplo, que o José Coelho (que não conheci pessoalmente porque no ano em que ele seria meu professor de música, no antigo Ciclo Preparatório, foi precisamente quando faleceu) era uma pessoa modesta, participativa, voluntariosa, com um talento inato e que deixou uma grande obra para as gerações vindouras que, curiosamente, pouco a conhecem.
    Até por isso, ou essencialmente por isso, valeu muito a pena ter-me embrenhado neste projecto.

    Grande abraço
    Carlos Rico

    Reply

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Le chat dans tous ses états - Gatos... gatinhos e gatarrões! de Catherine Labey

Pour les fans de chats e de tous les animaux en général - Para os amantes de gatos e de todos os animais em geral

largodoscorreios

Largo dos Correios, Portalegre

Interesting Literature

A Library of Literary Interestingness

almanaque silva

histórias da ilustração portuguesa

%d bloggers like this: