Os Gatos e o Crime (7) – Neill Graham

Neill GrahamNeill Graham (aliás, William Murdoch Duncan) nasceu em Glasgow, na Escócia, a 18 de Novembro de 1909 e morreu, nessa mesma cidade, a 19 de Abril de 1976. Autor de romances policiais bastante prolífico, Duncan escreveu com diversos pseudónimos, tais como John Cassells, Neill Graham, Peter Malloch, Lovat Marshall, John Dallas ou Martin Locke.

Depois de estudar na Universidade de Glasgow, onde completou um mestrado de história em 1934, dedicou-se à escrita, redigindo artigos com temas históricos e centenas de novelas policiais, que alimentaram jornais e revistas populares. Nos primeiros anos da 2a Guerra Mundial serviu no exército britânico e, em 1944, casou com Marion Hughes.

Murdock Duncan 1No mesmo ano, publicou um primeiro romance: The Doctor Deals with Murder. Até à sua morte, deu à estampa mais de duzentos e cinquenta livros, razão por que, juntamente com John Creasey, figura entre os autores britânicos mais prolíficos da literatura policial. Para divulgar esta vasta produção, em que nenhum título se demarca, utilizou, além do seu patronímico, numerosos pseudónimos.

Em França, várias colecções, como a Série Noire, publicaram obras de W. Murdoch Duncan, Neill Graham e Peter Malloch. A famosa colecção Le Masque — interessada, primeiro, pelos títulos do pseudónimo John Cassells, que tinham como herói o Inspector Flagg, o detective mais famoso do autor —, deu depois à estampa, com este nome, obras repescadas na sua abundante produção, nomeadamente os inquéritos do detective James «Solo» Malcolm e do detective privado Sugar Kane, assinados respectivamente Neill Graham e Lovat Marshall, no Reino Unido.

grahamsayEmbora alguns títulos evoquem animais diversos: corvo (The Blackbird Sings of Murder1948), canário (Death of a Canary 1968), é o gato que nos interessa. Este figura em dois títulos: The Symbol of the Cat (1948) e Murder of a Black Cat (1964), ambos com o pseudónimo de Neill Graham. Este último título foi publicado em francês pela colecção Le Masque no 916 (1966), com a assinatura de John Cassells e o título Le petit chat est mort. Em português, foi editado com o título Morte de um Gato Preto pela Editorial Minerva, na Colecção Xis nº156.

Em jeito de nota suplementar, indicamos outros títulos deste autor publicados também na Colecção Xis. Como W. Murdoch Duncan:  nº 153 – A Hora do Bispo; nº 174 – Morte na Aldeia; nº 187 – Problema para o Sonhador; nº 197 – Desafio ao Sonhador; nº 199: O Estrangulador. Como John Cassells: nº 158 – O Máscara Azul. Como Lovat Marshall: nº 164 – Os Mortos Não Falam.

col Xis 187 706O “Sonhador” (Dreamer) é uma personagem criada a partir da figura do Inspector Donald Reamer, da Scotland Yard, que protagonizou treze títulos e é assim descrito no volume Problema para o Sonhador: “Reamer era um homem alto, no limiar dos 40 anos, sem dúvida o polícia mais novo com o cargo de superintendente. Os colegas chamavam-lhe Sonhador, pelo simples motivo de que assinava sempre “D. Reamer”, trocadilho curioso que só os britânicos podem apreciar. Ingressara na Scotland Yard, procedente da Polícia Malaia, onde conquistara reputação apreciável (…)”.  

Noutra antiga e apreciada colecção policial, Grandes Mistérios, da Editorial Romano Torres, registam-se os seguintes títulos, da autoria respectivamente de W. Murdoch Duncan e Peter Malloch: nº 137 – Um Tiro de Madrugada; nº 196 – Fugindo à Morte. Como John Cassells, criador do Inspector Flagg, assinou o volume nº 199 da Colecção Distribolso Policial: Desafio ao Inspector Flagg.

Poucos leitores de romances policiais devem saber que Murdoch Duncan usou tantos pseudónimos e que alguns deles surgiram também em colecções portuguesas. Esperamos ter chamado a atenção para esse facto, ajudando a fazer luz sobre um autor escocês cujo renome entre nós está longe, injustamente, de se comparar ao de outras figuras ilustres da literatura policial.

Morte de um gato preto+omáscara azul+o estrangulador

   

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

Le chat dans tous ses états - Gatos... gatinhos e gatarrões! de Catherine Labey

Pour les fans de chats e de tous les animaux en général - Para os amantes de gatos e de todos os animais em geral

largodoscorreios

Largo dos Correios, Portalegre

Interesting Literature

A Library of Literary Interestingness

almanaque silva

histórias da ilustração portuguesa

%d bloggers like this: